Página Inicial  > Empreendedorismo e Rede de Contatos
 Compartilhar  Versão para impressão  E-mail

Empreendedorismo e Rede de Contatos

Fonte: Clube do Empreendedor

Por Wilson Trevisan

Gerir um negócio não é tarefa simples. A maioria dos empreendedores reconhece que são dezenas de ações e decisões diárias, problemas de todos os tipos e que o tempo é sempre mais curto do que o necessário.

Assim, é comum desejar, quando confrontado com uma dificuldade, ouvir um conselho, uma dica ou uma idéia de quem já enfrentou um problema parecido. Mas existem coisas que não podem ser encontradas em livros, cursos ou palestras. Alguém já leu algo assim: "Quando você tem 10 contas para pagar e caixa só para duas, faça isso e aquilo...". ? Provavelmente não. Mesmo porque não existe um "faça isso ou aquilo" comum a todos os tipos de negócio.

No entanto, basta observar para perceber que, em toda a história de sucesso nos negócios existe um empreendedor que sabe se comunicar bem, articular idéias, influenciar e convencer pessoas. É hábil com as palavras e com os gestos.

Por isso, o ideal seria que cada empreendedor aprendesse e praticasse este exercício social de maneira sistêmica, comunicando-se de forma clara e fazendo isto rotineiramente. Não apenas uma vez por ano em uma feira  ou congresso setorial.

Algumas dicas para quem quer seguir este caminho:

Saiba quais grupos de pessoas poderiam se interessar por aquilo que você tem a dizer. Saber se eles freqüentam associações, escolas, entidades ou outro evento qualquer que facilite o contato é o segundo passo.

Depois disso vem, talvez, a parte mais difícil: falar, dar o seu recado. A maioria das pessoas, inclusive os empreendedores, precisa vencer a inibição inicial, o que não é fácil, e explorar as grandes oportunidades que surgem quando se encontram em um evento, especialmente naqueles onde se reúnem pessoas com o mesmo perfil. Quantas vezes já não fomos a uma palestra ou curso e entramos "calados e saímos quietos" ? Ou deixamos de fazer uma pergunta achando que não é pertinente nem inteligente?

A grande dica é: seja "cara de pau"! Diplomacia demais, no mundo dos negócios, atrapalha. E daí que alguém achou você "abusado" ? No mínimo, essa pessoa lembrará de você e de seu negócio, os outros se lembrarão de várias maneiras. Há que se valorizar todo o tipo de network, para que surjam cada vez mais oportunidades.

A rede de relacionamentos, os contatos constantes com novas pessoas, talvez seja o maior tesouro de um empreendedor, mas é preciso passar sua mensagem, mostrar a que veio para que as pessoas possam se interessar por aquilo que você faz. Dessa forma é que surgem as oportunidades, um cliente, um sócio, um investidor, um parceiro estratégico ou um fornecedor. Nenhum bom negócio vai surgir do nada e, por mais fiel que você seja, nem cair do céu.

*Wilson Trevisan  é consultor, Coach, Empreendedor serial e empresário nos últimos 20 anos, Palestrante e especialista em Empreendedorismo, em 2002 fundou o Clube do Empreendedor e é seu presidente desde então

 Compartilhar  Versão para impressão  E-mail
Avaliações (1) Total  
  • Atualmente 5.0/5 Estrelas.
If you are a human, do not fill in this field.
Clique nas estrelas para classificar.